NEUROTRANSMISSORES

NEUROTRANSMISSORES

São substâncias químicas, produzidas pelo nosso organismo, que servem de mensageiros para a transmissão de informações entre neurônios (sinapses). Eles influenciam todos os nossos pensamentos, movimentos, comportamentos e emoções os neurotransmissores são moléculas produzidas a partir de substâncias básicas que ingerimos na alimentação, como a colina, encontrada no ovo e em legumes (mais em https://web.williams.edu/imput/synapse/pages/IA2.html ), e são transformados através da química interna em aminoácidos, aminas e peptídeos capazes de realizar a comunicação entre neurônios. (Bear et al, 2009)

Essa comunicação acontece na fenda sináptica, que é o espaço existente entre os terminais axonais de um neurônio e os dendritos de outro neurônio. Isso faz com que os átomos carregados entrem no sítio receptor (através dos dendritos), propiciando um novo potencial de ação, que poderá ser excitatório ou inibitório (Myers, 2010).

Os neurotransmissores mais comumente conhecidos são a acetilcolina, relacionada com os movimentos musculares e também com a aprendizagem e memória; a norepinefrina, relacionada com a atenção e o humor; a dopamina, que influencia a aprendizagem, as emoções, a motivação e o movimento, e a serotonina, que se relaciona com a depressão e o sono. Essas correlações são generalizações cuja atuação precisa e depende de análise individual.

 


Referências

Bear, M. F., Connors, B. W., & Paradiso, M. A. (2008). Neurociências: desvendando o sistema nervoso. Artmed Editora.

Myers, D. G. (2010). Psicologia geral.  9ª. Edição. LTC Editora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Selecione Idioma